Vera Teruel

Em italiano, língua adorada pela modelo deste ensaio, "vero" significa "real", "de verdade". É um adjetivo e tanto para definir Vera Teruel que protagoniza um ensaio libertador e muito sensual no Você Naked

Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta


No filme “Garotas do Calendário” (2004), protagonizado por Helen Mirren, um grupo de mulheres maduras resolve posar sensualmente para um calendário para angariar fundos para um hospital da pequena cidade em que habitam. Quem traz avante essa pequena joia do cinema britânico é Vera Lucia Teruel, que aos 51 anos se despe para o Você Naked.

“Tem que se amar e o ensaio é uma maneira de manifestar esse amor”, crava a secretária, que tem dois filhos e um neto. E essa vovó tem autoridade. Este é o segundo ensaio sensual que ela protagoniza.  A segurança de Vera encontra no seu bom humor uma receita infalível, mas não exatamente fácil. A experiência a calejou e ela tem orgulho disso.

A segunda estrela dessa nova fase do Você Naked se preocupa em fazer com que sua filha se sinta uma mulher segura em um mundo que demanda cada vez mais das mulheres. Esse ensaio não tem nenhuma relação direta com isso, mas se pensarmos bem a coragem, desprendimento e o bem-estar consigo mesma que Vera demonstra aqui contribui – e muito – para essa valiosa lição.

Eu me acho linda

 Você já tinha protagonizado um ensaio sensual antes. Quais suas memórias dele e as diferenças fundamentais em relação a este?
A Lu (Costta, fotógrafa responsável pelos dois ensaios) é uma pessoa maravilhosa. Ela me deixou super à vontade. No primeiro ensaio eu estava muito nervosa. Aos poucos com aquele jeitinho dela, ela foi me deixando super à vontade. Na segunda vez eu já pareceria veterana (risos).

Esse primeiro ensaio você que contratou não foi? É de cerca de um ano atrás certo? 
Eu quis fazer o primeiro ensaio para me presentear. Eu queria me sentir bonita com a idade que tenho. Normalmente quando chegam aos 50, as mulheres costumam se achar feias e eu acho que a mulher tem que se amar em todas as fases. Eu me acho linda.

E um ano depois você volta a estrelar um ensaio sensual. Agora no Você Naked... 
O que eu mais gostei é que não tinha só aquele estereótipo. Eu vi meninas gordas, magras, baixas, altas se achando maravilhosa. Aí pensei comigo: “se elas estão assim, eu também vou fazer isso”. Eu me sinto linda e quero mostrar para as mulheres com essa idade que elas têm que se sentir lindas também.

Este ensaio foi acompanhado por homens. O outro não. Isso te travou no início? 
Realmente quando eu cheguei eu estava muito nervosa, ainda que eu me esforçasse para esconder isso. Mas a equipe me passou segurança. É um olhar muito profissional.  E isso foi me deixando tranquila, relaxada.

Quero mostrar para as mulheres que elas têm que se sentir lindas
Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta

E você já conhecia a Lu 
Ela ajuda muito a gente. Ela tem paciência e estabelece certa cumplicidade. O que é importante porque eu não sou modelo.

E você conversou com seu marido sobre o ensaio? 
Eu não conversei com ele. Simplesmente fui lá e fiz. Eu sou dona do meu nariz. Eu fiz para mim. Não precisava de consentimento de ninguém. A ideia era e é me presentear. O negócio é gostar que dói menos (risos).

Salta aos olhos o seu bom-humor. Sempre foi assim? 
Eu sou muito bem-humorada. Mas sou sincericida também sabe? Meu grande defeito é ser muito sincera. Mas eu não me preocupo muito com isso não. Por pior que seja, a verdade ela é sempre muito melhor.

E como é a sua relação com a nudez? Ela mudou bastante ao longo do tempo? 
Mudou bastante sim. Engraçado, me sinto muito mais segura hoje do que há 30 anos. Se me propusessem um ensaio sensual há 30 anos eu não faria. A idade me deixou mais segura de mim. Não tenho que agradar a ninguém. 
Quando eu tinha meus 20 anos eu era uma pessoa extremamente insegura. Hoje é diferente. Quem gostar de mim vai gostar do jeito que eu sou. Me admirar pelo que eu sou.

A idade me deixou mais segura
Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta

E como é a Vera profissional?
No meu ambiente de trabalho eu brinco, mas sou muito séria. Mesmo porque trabalho com muitos homens. Você tem que delimitar algumas coisas. Isso já é uma coisa que eu falo de cara para a pessoa.

E faz o tipo mãezona? 
Gosto muito da cumplicidade que se tem com os filhos, com os netos. Prezo muito isso no meu dia a dia. Criei a minha filha para não ter medo de nada. ‘Mãe quero subir naquela árvore. E se eu cair?’. Pode acontecer, mas aí você sobe de novo. O que eu ensinei para ela foi o que não tive. Você não tem que ter medo. Eu tenho certeza que estou conseguindo fazer isso com minha filha.

E quais são seus hobbies? 
Adoro academia (risos). Eu Pedalo, nado, puxo ferro, danço. Todos os dias e três horas por dia. Gosto de estudar também. Sou fluente no espanhol e estou no avançado do inglês. A próxima língua se Deus quiser será o italiano. Tenho uma paixão secreta pela Itália.

Uma paixão secreta? 
Tive um namorado italiano. Por ele ser um homem um pouco mais velho, me introduziu na cultura e me apaixonei. Não bebo, mas de vez em quando me recordo dele com um vinho, porque me remete à Itália. A família dele.

Eu pedalo, nado, puxo ferro, danço...
Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta
Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta

E você gosta de viajar? Já viajou para fora? 
Argentina, Ponta Del Este. América do Sul.  No Brasil vou sempre para Santa Catarina. Tem um ar europeu que eu gosto bastante.  Fernando de Noronha eu gostaria de conhecer. Tenho parentes que moram ali em Recife. Mas nunca fui para lá.

Uma mulher bonita?
Angelina Jolie. Essa mulher é um espetáculo. Não é uma mulher, é uma deusa.

 Um homem bonito? 
O ex dela, o Brad Pitt. Mas tem o Sean Connary. Eu o acho lindo, um Homem maduro e tanto. Seria um homem que eu me interessaria com certeza.

E o que você anda assistindo atualmente? 
“Lúcifer”, “House”. Gosto de personagens ácidos. Eu me identifico com eles.

Se fosse fazer um terceiro ensaio sensual onde seria? 
Em Gramado, pelo frio e pelo ar europeu.  Ou na Serra do Rio de Rastro, em Santa Catarina, pelas mesmas razões.

O que você espera que esse ensaio comunique para mulheres da sua faixa-etária? 
Elas têm que se amar. E o ensaio seria uma maneira de manifestar esse amor. Elas têm que pensar como “Garotas do calendário”. Tá insegura? Vai assistir esse belo filme.

As mulheres têm que se amar
Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta

Jogo Rápido

Trump: Very very crazy
Fast Food:  Uma opção
Itália: Ai paixão
Filhos: o meu tudo
50 anos: Segurança
Casamento: Altos e baixos
Amigos: Anjos que Deus coloca na vida da gente
Nudez: normal
Eleições 2018: complicado hein?
Sábado à noite: um filme e um bom vinho
Entre quatro paredes: vale tudo
Como você se vê no futuro: Muito mais segura do que hoje
Arrependimento: não tenho. Fiz tudo que fiz consciente
Sonhar é: Sou mais de concretizar
Você Naked: experiência inesquecível

Vera Teruel por Lu Costta - Lu Costta

Veja outros ensaios do Você Naked
Beatriz Lopes

Mariana Rodrigues
Anne Monteiro

Confira o vídeo do ensaio de Vera Teruel

Créditos:
Direção geral: André Jalonetsky
Produção e entrevista: Reinaldo Glioche
Fotografia: Lu Costta (@lucostta_photographer)
Vídeo e pós-produção: Cezar Lazzuri Films
Cabelo e maquiagem: Julia Ferreira - Maná Cabeleireiros
Produção de moda: RenataFurlanetti (@renataconsuelo)