Dani Rodrigues

Dani Rodrigues sempre gostou de si própria e do seu corpo. Ela criou coragem e decidiu mostrar sua beleza exterior neste ensaio sensual. Dani disse que se expor sem roupa foi muito mais fácil que pensava, uma experiência divertida!

Por que você quis fazer esse ensaio sensual?
Para mostrar que mulheres comuns, com trabalhos comuns e curvas reais podem e devem ser olhadas pela sua sensualidade. A celebração da beleza exterior é um forte estimulante para a beleza interior. É incrível que até nas revistas de saúde e bem estar feminino, os editores usam mulheres que não existem, sem celulite, sem estrias. Isso me incomoda. Quando vi a proposta que vocês fazem aqui no Você Naked, eu disse: quero participar!

Como foi tirar a roupa e ficar nua na frente de uma câmera fotográfica?
Muuuuuito bom, eu não achei que seria tão fácil! Dei muita risada e me diverti durante o ensaio! A Michelle (fotógrafa) foi demais, me deixou totalmente à vontade e as fotos ficaram naturais, com a minha cara!

Você estará exposta para muita gente na internet. O que pensa sobre isso?
Será um privilégio para essa gente que me virem! (gargalhada). Algumas pessoas falaram que sou louca e perguntaram se tenho noção do que estou fazendo. Minha resposta foi: sim! Quero mostrar que uma mulher comum pode se sentir e ser bonita

Não permita que outras pessoas podem seus planos e seus desejos
Ensaio sensual - Dani Rodrigues 1 - por Michelle Moll
Tenho complementos, alguns bônus para quem quiser descobrir
Ensaio sensual - Dani Rodrigues 4 - por Michelle Moll

Você curte seu corpo?
Eu gosto muito de mim mesma e curto bastante meu corpo, não mudaria nada, estou em paz com ele

Parece que você é segura de si
Não, não parece, sou segura de mim! Aquele negócio de luz apagada não é comigo...

Explica
A relação da mulher com o homem é algo muito visual, quando está conversando, namorando, passeando, num restaurante, o componente visual sempre está presente, faz parte da intimidade. Por que no sexo seria diferente?

Tem alguém fixo na tua vida?
Não, estou totalmente livre

Namoradeira?
Não. Sou extremamente caseira, não sou de baladas. Gosto muito de sair e conhecer restaurantes com comidas diferentes

Restaurantes legais e luzes acesas. Que mais o cara que quiser te paquerar deve fazer?
Me chama pra sair, vamos conversar e dar muita risada. Não projeto expectativas, a conversa pode ir para onde for, mas de forma natural e despretensiosa, o clima deve fluir com naturalidade. Posso te contar um exemplo que vivi, oposto a isso?

A a cor de minha lingerie indica quem eu sou, como estou
Ensaio sensual - Dani Rodrigues 7 - por Michelle Moll

Manda
Uma vez saí com um psicólogo, um cara muito inteligente. Ele disse que estudava linguagem corporal, que entendia o que meu corpo dizia e não parava de falar sobre isso. Decidi então pregar uma peça no individuo. Dei a entender que iriamos ficar, disse que estava adorando a conversa, o jantar, a companhia dele, tudo. Ele ficou super animado. Meninos que estão lendo isso aqui prestem muita atenção no que eu fiz, truque clássico feminino. Ativei o despertador do meu celular e quando ele tocou, fingi que era uma ligação de uma amiga com um problema urgente. Me despedi e ele ficou perdido, perguntou se não iriamos ficar...

Quando o psicólogo ler essa entrevista ele vai refazer o semestre de leitura corporal do curso de psicologia
(risadas) Sim! Essa história de ler a mulher está errada. Nenhum homem lê as mulheres. Nos é que decidimos o que e quando será lido. A iniciativa é nossa, decidimos o que queremos aí conseguimos. Somos muito ardilosas

Não!!! É mesmo? Não sabia disso...
(gargalhadas)

Você não tem cara de ser ardilosa
E não sou mesmo, sou muito boazinha, extremamente analítica, sensível e calma, na minha vida pessoal e profissional. Mas isso faz com que algumas pessoas se enganem a meu respeito

Duas personalidades, tipo a doutor Jeckyll e o senhor Hyde?
(risadas) Quase... Tenho outro lados. Um deles foi o que me fez participar deste ensaio. Muitas pessoas observam apenas minha suavidade e assumem que sou apenas isso. Mas tenho outros complementos, alguns bônus para quem quiser descobrir. Sou muito intensa, tenho sonhos, sei o que quero e corro atrás para realiza-los. Não postergo minha vida, tenho um plano de pular de paraquedas e vou realiza-lo em breve. Quando algumas pessoas, que me conhecem apenas superficialmente, tomam contato com essas características, se assustam um pouco. Até a cor de minha lingerie indica quem eu sou, como estou

Mostrei que uma mulher comum pode ser e se sentir bonita

O que? Você um camaleão da lingerie?
(garagalhada) Sim, adoro lingerie. Você tem que se olhar no espelho e se sentir bem vestida, linda. Quando sabe que debaixo do seu jeans tem uma lingerie “daquelas”, já sai de casa se sentindo poderosa, mas me entenda bem, não com a conotaçnao de uma predadora sexual. Estou falando de uma atitude para mim mesma, para em me sentir bem, até porque ninguém vai saber o que estou usando. A calcinha e o sutiã fazem toda diferença no jeito que você sai de casa!

E a história das cores da lingerie?
Então, quando fui fazer o ensaio, escolhi a rosa pois ela referencia meu lado meigo e delicado. Já a preta rendada, mostra outra coisa, a vontade de ousar, de atrair olhares, incentivar meus fetiches...

Fetiches?
Sim! Um deles é com iluminação. Imagino o efeito lindo que eu causaria num quarto, iluminado por uma luz negra, usando uma lingerie branca. O cara vai pirar! Eu ainda vou fazer isso. Já tenho as lâmpadas...

Fica aí a dica. O dia que um sortudo sair com você e perceber que você esta de lingerie preta o branca, esse é o dia dele
Exato! (risadas)

Curto bastante meu corpo, não mudaria nada

Você trabalha com o que?
Sou farmacêutica.

Tipo daquelas que misturam ingredientes para fazer coquetéis “boa-noite-cinderela” e bombas afins?
(risadas) Não, faço pesquisa, desenvolvimento e analise de medicamentos. Adoro meu trabalho. Se um cara não entender isso e pedir para eu escolher entre ele e meu trabalho, preparo um “boa-noite-pretendente” para ele. Minha família é outro foco vital, minha mãe, tios, primos...

Alguma outra restrição em relação aos seus pretendentes?
Detesto que o homem fale alto, que grite. Quando isso acontece ele não se escuta e também não me escuta, nada é resolvido, só piora. Também não consigo ficar com homens acomodados e dependentes, sem atitude e força de vontade para atingir seus objetivos. Alias uma dica importantíssima para as meninas: se vocês quiserem saber como um cara vai te tratar numa relação, veja como ele trata a mãe e as irmãs dele

Falamos sobre a importância do trabalho e da família. Agora me fala sobre sobre a importância do sexo, drogas e rock and roll
Drogas, sou suspeita né?! Tenho CRF (Conselho Regional de Famácia), o que me permite gostar de todas (risadas), no entanto sou muito resistente ao consumo ilegal. Adoro qualquer estilo de música, com exceção do funk, pancadão e afins. Tenho uma amiga (Karen, um beijo para você!) que curte muito o funk, e por causa dela eu até ouço um pouco. Um pouco. Mas gosto mesmo de MPB. Para dançar curto o rockabilly, estilo de rock dos anos 50 e sertanejo

Vamos ao que interessa?
(gargalhada) Em relação ao sexo, a medida que fui amadurecendo, passei a ver o sexo como o complemento final da relação. Não adianta ter uma afinidade física sensacional sem ter amor, companheirismo, cumplicidade, respeito e conversa fora da cama. Sexo vem depois de tudo isso

Aquele negócio de luz apagada não é comigo...
Ensaio sensual - Dani Rodrigues 12 - por Michelle Moll

Você já foi traída?
Sim, foi horrível. Ele me pediu perdão, mas foi impossível, não consegui mais nem olhar para este ex. Não sei muito bem o que se passa na cabeça dos homens. Às vezes gostaria de passar um mês na cabeça de um deles para entender melhor

Não perca tanto tempo. Basta uns 15 minutos e você vai entender tudo
(gargalhadas) Mas o contrário não é verdade. Se você quiser saber o que se passa na cabeça de uma mulher, vai ter ficar lá dentro por vários mêses! (mais risadas)

Você já traiu?
Não. Se estou numa relação é porque quero estar. Se sentir necessidade de sair com outra pessoa é porque a relação acabou e eu termino para só então começar outra

Quem se animar e quiser te conhecer aonde deve te procurar?
Moro na Serra da Cantareira e vou muito a restaurantes japoneses. Mas isso não responde sua pergunta, né? Então, se quiser mesmo me procurar, segue no Instagram Drs2303

Recado final?
Sonhe sempre alto, não permita que outras pessoas podem seus planos e seus desejos. Se permitir que isso aconteça, você perderá sua essência e sua vida não terá sentido. Todos tem algo para ensinar ao outro, e este ensinamento está nesta essência.

Quer saber como ele vai te tratar? Veja como trata a mãe dele
Ensaio sensual - Dani Rodrigues 15 - por Michele Moll

Veja também os ensaios sensuais de:
Carol Vasconcelos
Lays Orsiini
Caetana Santos

Fotografia - Michelle Moll - www.nakedfotografia.com.br
Tratameto de imagens
- Mariana Moll - www.nakedfotografia.com.br

Make / Hair - Naked Fotografia