Flavia Martins

Entrevistar Flávia Martins foi como ir para a academia de exercícios dos músculos faciais: risadas do começo ao fim. Ela se considera tímida, mas acho que você vai discordar ao ver o ensaio e ler esta entrevista dela

Flavia Marins 1 - por Michele Moll

Flávia, para de arrumar o cabelo, isso é só um bate papo, ninguém está te fotografando.
Hahahahahaha, é o costume, uma mania que eu tenho. Estou aqui ansiosa para te dar esta entrevista e ver logo este ensaio publicado

Infelizmente, essa entrevista já indica que você tem problemas. O que uma mulher tão linda como você esta fazendo aqui, no Starbucks, com um cara tão feio como eu?
Imagina, você não é feio! Você é uma cara muito legal, com um interior lindo!

Você é igual a minha Mãe
O que? Como assim?

Toda vez que minha velha quer me apresentar uma mulher que ela sabe que vou achar feia, ela diz: “Filho você precisa conhecer essa moça, ela é muito simpática e educada”
Hahahahahahaha, tá bom. Você é lindo por fora também

Nossa, estou adorando suas opiniões espontâneas, nosso papo começou a melhorar. Conta uma história bacana da tua careira. Comecei em 2013 e em menos de um mês fui convidada para modelar em Londres, fazer capas de revistas e desfiles. De repente, me chamaram para uma campanha e usei um vestido da Princesa Diana, do acervo pessoal dela. Foi uma emoção, o vestido serviu certinho em mim!

O mercado masculino anda meio esquisito. Por enquanto fico só
Flavia Martins 7 - por Michelle Moll
Flavia Martins 8 - por Michelle Alves

Meio caminho andado, você já tem o vestido da princesa, só falta o príncipe
Mas não foi bem assim, nem metade do caminho eu andei. Tive que devolver a roupa da Lady Di depois das fotos... Quanto ao príncipe, faz tempo que o mercado masculino anda meio esquisito. Prefiro ficar comigo mesma até o homem certo aparecer

Concordo 100% com sua decisão, eu também escolheria ficar com você. Antes dessa difícil vida de ganhar salário em euros, tua beleza te ajudou ou atrapalhou?
Beleza ajuda no trabalho, mas na vida pessoal pode ser um problema. Enquanto algumas pessoas muito interessantes não se aproximam de mim, talvez por receio de serem rejeitadas, outras pessoas muito chatas se aproximam muito de mim, sem receio de serem rejeitadas...

Conheço bem esse segundo grupo de pessoas. Você tem noção de que é linda?
Ah, de um tempo para cá notei sim, mas me acho normal

Quantos anos você tem?
25

Deixa eu fazer uns cálculos. Pelas minhas contas, você deve ter notado que é linda há uns 25 anos certo?
(risadas) Sério, na escola nunca tive essa noção de beleza. Notei que era mais bonitinha com uns 13 anos. Conforme fui amadurecendo, percebi que homens e mulheres me achavam bonita e me admiravam, mas nunca senti isso como algo anormal, nunca fui arrogante e nem pretenciosa por causa disso. Sou muito mais ligada em valores internos como ética, família e religiosidade

Beleza ajuda no trabalho, na vida pessoal pode ser um problema

E como você lida com pessoas que se aproximam pela tua beleza e não pelos teus valores de vida?
Eu tenho só a agradecer que possuo essa qualidade da beleza externa, as pessoas tendem a notar mais minha presença. Quando escolho uma pessoa e deixo que se aproxime de mim, procuro evitar que crie uma expectativa errada. Não sou apenas a mulher sensual deste ensaio. Quem entende isso marca um enorme ponto comigo e ganha acesso ao próximo nível da minha amizade, quem sabe até alcançar meu coração.

É fácil namorar com você?
Super!

Você namoraria com você?
Lógico que sim, eu casaria comigo, só tenho qualidades! (gargalhadas)

Tirando você, que casaria com você mesma, outras pessoas tem alguma chance de te conquistar?
Sim, claro! Mas sou do tipo que não procura ativamente ninguém. Acredito mais em deixar as coisas acontecerem no tempo certo, especialmente nessa fase em que estou focada 100% no meu trabalho

Então você é feliz sozinha?
Sozinha para sempre claro que não! Quero ter alguém ao meu lado. Não tem coisa mais gostosa do que chegar em casa, encontrar meu (futuro) namorado, fazer um jantar, curtirmos um ao outro e depois mostrar esse ensaio sensual dizendo que é um presente para ele e compartilhar todas as coisas boas que ambos vivenciam

Flavia Martins 14 - por Michelle Moll
Sou só um pouquinho ciumenta. Mentira, sou muito!

Como você lida com assédio?
A minha profissão me deixa vulnerável a estas situações e, por isso, ao longo do tempo, fui criando uma barreira, um filtro, para evitar que uma aproximação se transformasse em assédio. Aprendi isso da forma difícil. Sou muito sincera e transparente, sempre me apeguei e me entreguei com muita facilidade, e tinha a expectativa errada de que as pessoas eram iguais a mim. Hoje sei que não é assim e por isso nem deixo que uma situação de assédio se materialize. Da mesma forma que respeito as pessoas, imponho respeito

Você é ciumenta?
Sim

Espera aí. O cara namora com uma modelo linda, que viaja, faz trabalhos e desfiles de biquíni e lingerie, faz um ensaio sensual de arrasar um quarteirão como este, e a ciumenta é você?
Mas sou só um pouquinho. Mentira, sou muito! (gargalhada). Sério, acho que meu ciúme é daquele tipo saudável, sou uma mulher segura. Em relação ao possível ciúme que meu futuro namorado venha a ter, isso não pode existir. Ele sabe que este é meu trabalho, é isso que eu faço, me conheceu assim. Mas admito que, para namorar uma modelo, o cara tem que ser um homem com “H” maiúsculo, muito seguro de si, e confiar nela acima de tudo.

Se estivesse namorando, daria este ensaio de presente para ele

Qual parte do seu corpo você não gosta? Tipo essas suas sobrancelhas feias, seus olhos horríveis, esses dentes amarelos ou suas coxas finas
Ai, obrigada, você é um cavalheiro. Também te adoro! (risadas longas)

Ufa, finalmente! Demorou 19 perguntas para você dizer que me adora. Mas onde você faria uma cirurgia plástica?
Acho que quanto mais natural o corpo for, melhor. Hoje em dia há mulheres que são muito montadas: unhas postiças, cílios postiços, botox, nariz e queixo alterados, implante de cabelo, lipo...

Então você esta em paz com teu corpo?
Sim, muito. Eu sou feliz como sou e estou, realmente casaria comigo!

Somos dois; eu também estou em paz com teu corpo, mas casamento, não sei...
Engraçadinho! Mas sempre dá para melhorar alguma coisa através da alimentação certa, academia e vida regrada e saudável. Afinal, a tendência e sempre melhorar!

Já que você não muda nada no teu corpo, qual parte você gosta mais?
Ai é difícil falar...

Então aponta com o dedo
(risadas) Eu gosto de tudo, sou feliz com meu corpo, mas para te responder, curto meu cabelo, meus olhos e meu olhar.

Nossa, está difícil você me entender, vamos tentar uma estratégia mais direta. Foca sua resposta na parte do teu corpo que fica entre seu pescoço e joelhos 
(risadas, muitas risadas) Você é um pentelho mesmo!!!! Gosto das minhas coxas, do meu bumbum, da minha barriga e dos meus seios. Pronto! Gosto de tudo!

Uhaaaa!!! Finalmente uma resposta num idioma que eu entendo! Então, para você, nada daquela barriga cheia de músculos e gominhos?
Não! Isso tira a feminilidade da mulher. Barriga de jacaré é para jacaré e coxas de cavalo são para cavalos. Pode ser magrinha e sequinha, mas que seja natural, delicada e feminina.

Flavia Martins 27 - por Michelle Moll
A Flávia desse ensaio sou eu, sem representar nenhum papel.
Flavia Martins 31 - por Michelle Moll

Como foi ser fotografada no Cover Model, você já tinha feito algo parecido?
Nunca, sou muito tímida. Antes de encarar esse trabalho, tive que me concentrar e preparar meu lado profissional para me entregar da melhor forma possível. Mas assim que o ensaio começou senti que iria ser muito legal, e quando terminou a sensação foi de uma experiência fantástica! Consegui ficar à vontade e curti cada minuto, tudo fluiu naturalmente. Me diverti junto com toda equipe, que me deixou super à vontade e senti o processo todo como uma grande brincadeira. O vídeo, (no final deste ensaio), mostra bem como o clima estava gostoso, natural e leve. Quero fazer outro ensaio!

Marcado para o mês que vem!
Hmmmm, acho que não, vou passar um mês na Alemanha trabalhando...

Pronto, os euros falando mais alto de novo...
(risadas)

Ainda falando sobre o ensaio, você criou uma personagem para as fotos, ou teve um pouco da Flávia durante as fotos?
Teve muito da Flávia no ensaio todo! As brincadeiras, a descontração e a entrega total são a minha cara. A Flávia desse ensaio sou eu mesma, sem representar nenhum papel.

No final de semana você é mais Netflix ou balada?
Balada não é meu forte, sou mais caseira, gosto de receber meus amigos em casa para conversar, tomar um bom vinho. Mas um barzinho e cinema de vez em quando é bem gostoso também.

O que você acha da cassação da ex-presidente Dilma?
Infelizmente nosso País virou uma bagunça generalizada. O governo anterior atrapalhou muito. O mercado de trabalho enfraqueceu, salários caíram e preços subiram. O que me salva é que faço muitos trabalhos fora do Brasil.

O pessoal do Cover Model te pagou bem para fazer este ensaio?
Hahahahahahaha, isso é segredo profissional, isso eu não conto! Aliás, já falei muita coisa nessa entrevista. Chega de conversa e me paga aquele café que você prometeu!

Flavia Martins

Veja também os ensaios sensuais de:
Caetana Santos
Laura Kayser
Caroline Bittencourt
Lays Orsini
Gianne Albertoni

Flavia Martins (Instagram) veste:
Any Any - anyany.com.br
Gris - lojagris.com.br
LRG - l-r-g.com
Marisa - marisa.com.br
Morana - morana.com.br

Direção - André Jalonetsky 
Produção Executiva - Juliana Rebecchi e Sandro Borges - portalsandroborges.com.br
Foto - Michelle Moll - www.nakedfotografia.com.br
Tratamento de imagens - Mariana Moll - www.nakedfotografia.com.br
Assistente fe fotografia - Daniela Santos
Make up / Hair - Lu Alves
Styling - Juliana Rebecchi 
Making Of - Galeria Produções - www.galeriaprod.com.br 

Agradecimentos:
Mega Model Brasil - www.megamodelsbrasil.com.br