Caetana Santos

Caetana se define como sendo o reflexo de tudo que acredita e do que é capaz. Ela nunca fez um ensaio sensual, mas decidiu acreditar nela mesma e encarar esse desafio. Veja abaixo do que ela é capaz

Caetana Santos 3 - por Ronaldo Gutierrez

Você tem caçado muitos Pokémons?
Ih, não gosto disso não! Meu foco vai para minha saúde, meu trabalho, amigos, família e para meu namorado!

O sortudo namora com você há quanto tempo?
Treze anos!

O que? Treze do tipo 10 mais 3? Aquele número que tem o 1 na frente do 3?
(risadas) Sim, foi paixão instantânea. Começamos a namorar três dias depois que nos conhecemos, e no quinto, já estávamos morando juntos

Algumas pessoas sugerem que o segredo de relacionamento longo é morar em casas diferentes
Então elas que morem longe de seus amores! Eu gosto de estar grudada no meu namorado e acordar todos os dias ao lado dele

Relações longas podem aumentar as chances de traição. Como você lidaria com isso?
Se acontecesse, a primeira coisa que esperaria é que meu companheiro tivesse a hombridade de me contar. Assim seria possível entender o lado dele e, dependendo das circunstâncias, perdoar e continuar com a vida a dois

E se as mesmas circunstâncias se repetissem, e com elas uma nova traição?
Aí é demais né? (risadas). Relação encerrada imediatamente

Você é ciumenta?
Não. Tenho segurança no meu namorado e ele em mim. Eu até o convidei para acompanhar esse ensaio, mas ele não quis, disse que era um momento meu, não queria interferir e talvez atrapalhar. Ele confia em mim, me ajuda muito

Dependendo das circunstâncias, posso perdoar a traição

No teu blog esta escrito que você é reflexo de tudo que acredita e do que é capaz. Explica?
Um bom exemplo disso são essas fotos. Nunca fiz um ensaio sensual, jamais imaginei que iria expor meu corpo de forma tão explícita. Quando via esses trabalhos pensava: como essa mulher teve coragem de se despir para uma câmera? Mas sempre achei bonito. Levar essa ideia para frente não foi fácil, pois sou tímida. Mas depois que decidi, me entreguei 100% e foi inacreditável! Fiquei muito feliz comigo mesma e o resultado ficou lindo!

Você é tímida e trabalha como modelo?
A modelo Caetana Santos trabalha com moda, produtos, viaja para o exterior, desfila, assume o papel que o trabalho de modelo exige e o desempenha muito bem. Mas a Ana Carolina não. Ela é tímida.

Entendi. Menos a parte da Ana Carolina. Quem é essa senhora?
Sou eu

Ah, tá...
(risadas) Te explico. Quando trabalhei na agencia Skin, me pediram para mudar meu nome, pois havia outras modelos chamadas Ana Carolina. Minha primeira reação foi um sonoro não. Mas durante um casting, quando pediram para eu preencher uma ficha com meus dados, tive uma ideia. Como meu nome completo é Ana Carolina Santos Caetano, decidi resolver o problema usando meu sobrenome e ao mesmo tempo homenagear meu pai (Caetano) e minha mãe (Santos). Foi asim que a Caetana Santos nasceu

A Ana e a Caetana se entendem bem?
Em algumas coisas não. A Ana não faria esse ensaio, mas a Caetana prevaleceu e fez!

E qual das duas curtiu mais o resultado?
A Caetana

Nossa, você é o sonho de qualquer psiquiatra
(gargalhadas) Loucura né? Mas eu separo bem as coisas. Um dia a vida de modelo vai acabar e a Ana Carolina vai assumir de forma integral. Mas enquanto isso não acontece, a Caetana tem sido uma grande professora, ela leva a Ana a conhecer limites novos. Antes que você pergunte, com meu namorado sou sempre a Ana Carolina!

Ah, vai dizer que a Ana nunca usou as técnicas da Caetana, e fez um mega desfile particular para o namorado?
Já sim (longa risada, meio envergonhada)

Eu adoro meus seios do jeito que são, não vou muda-los
Caetana Santos 8 - por Ronaldo Gutierrez

Falando em desfiles, conta uma gafe que você fez, daquelas de dar vergonha alheia
Ih, essa pergunta é boa! Meus seios não são grandes, eu os adoro do jeito que são e não vou muda-los. Mas no mundo dos desfiles, a maioria das modelos acha importante colocar silicone.  Bom, num desfile de biquínis que fiz em Cape Town, na Africa do Sul, a parte de cima ficou meio grande, sobrando muito tecido. Não tive dúvida, fui no banheiro  peguei um monte papel e coloquei dentro, para dar mais volume. Quando eu estava na passarela, a medida que eu andava, o papel começou a sair e aparecer... Todos riram e eu também. Muito!

Hahahahahahaha, adorei este assunto, conta mais uma!
Essa aconteceu em São Paulo, num desfile de joias que tinha como fundo musical uma trilha suave de musicas clássicas. Me deram um sapato de salto muito alto, que não era bem meu número. Para piorar o piso da passarela estava muito liso. Quando comecei a desfilar, escorreguei e imediatamente tentei corrigir mas a coisa só piorou, parecia que eu estava sambando... Mas como o samba não combinava com a música clássica que tocava, decidi resolver logo o problema e fui para o chão!

Como você lida com assédio?
Na verdade ocorre pouco. Nunca fui grosseira nas minhas reações, sempre deixo bem claro que tenho um relacionamento longo e muito sério, peço respeito comigo e com meu companheiro, e a coisa sempre termina por aí

Gosto de estar grudada no meu namorado, e acordar ao lado dele

E a questão da discriminação racial?
Sou de Goiânia. Meus pais me deram uma educação muito boa, numa excelente escola, desde o jardim de infância até o final do segundo grau. Sempre fui a única criança negra da escola e nunca senti ou percebi nenhuma discriminação. Isso mudou quando vim para São Paulo, foi um choque. Daquela época até hoje ainda sinto o mesmo problema.

Como?
Desde situações evidentes de dia-a-dia como ser barrada num banco por um segurança, até a percepção de que muitas pessoas julgam o negro como possuindo menos capacidade. Assumem que o negro vem de uma favela, que não tem estudos, e se tiver, foi pelo programa de quotas, não por mérito. E daí? Qual o problema de nascer numa favela? Qual o problema de não ter estudos? O real problema esta na sociedade que convive com essa realidade e a ignora. O real problema esta nas pessoas que assumem que o negro não tem capacidade para evoluir, para ter ideias. Muitos trabalhos que fiz como modelo deixaram algumas pessoas de boca aberta se perguntando: Mas como ela conseguiu? Como uma negra fará essa campanha?

E pensar que estamos no século 21...
Pois é, e para piorar, parte do respeito que algumas pessoas, do meu mundo de modelos dizem possuir pela raça negra, na verdade não é respeito, apenas seguem a lei que obriga um número mínimo de negros a participar de desfiles e campanhas publicitárias. Não estou generalizando. Acredito que deve-se conseguir as coisas na vida por mérito, mas se a sociedade não oferece mecanismos para os menos favorecidos florescerem, a discriminação e o preconceito estão instalados. Se eu fosse legisladora, apoiaria o sistema de cotas.

Termino esse papo dizendo o que disse no inicio: Teu namorado é um cara de sorte

Se eu fosse legisladora, apoiaria o sistema de cotas
O problema esta na sociedade que ignora a realidade
Caetana Santos 12 - por Ronaldo Gutierrez
Não caço Pokémons, tenho coisas mais legais para fazer!
Curta o video dos bastires do ensaio de Caetana Santos:

Veja também os ensaios sensuais de:
Laura Kayser
Caroline Bittencourt
Lays Orsini
Gianne Albertoni

Caetana Santos veste:
Alcaçuz – alcaçuz.com.br
Carmen Steffens – carmensteffens.com.br
Darling – darling.com.br
Lázara Design – lazaradesign.com.br
Le Diamond – lediamond.com.br
Marisa – marisa.com.br
Planet Girls – planetgirlsstore.com.br

Direção - André Jalonetsky
Coordenação Executiva - Juliana Rebecchi
Fotos - Ronaldo Gutierrez 
Make up/Hair - Tati Pinon
Styling - Juliana Rebecchi
Making Of - Galeria Produções - www.galeriaprod.com.br

Agradecimentos:
Romário de Oliveira, Editor-Chefe revista Afro Brasil
Claudio Germano - Hair Stylist Stúdio  - www.claudiogermano.com.br
Mega Model Brasil - www.megamodelsbrasil.com.br